COSMÉTICO SENSUAIS- POR RAQUEL CRUZ – FEITIÇOS

A Anvisa (Agencia Nacional de Vigilância Sanitária) é o órgão regulador que fiscaliza todas as atividades relacionadas à saúde do consumidor

O termo Cosméticos Sensuais surgiu na última década, para denominar os produtos de uso íntimo que não tinham somente a função de lubrificação, mas também que exercem algum tipo de estímulo sexual. Como estes produtos não encontram uma classificação na definição de cosméticos descrita pela Anvisa, o próprio mercado acabou criando um termo que pudesse descrever esta categoria de produtos.

A revolução sexual, o empoderamento feminino e as novas tecnologias que permitiram a disseminação rápida da informação, contribuíram para que estes produtos se popularizassem cada vez mais e despontassem como importantes aliados da relação sexual; uma novidade que agrega prazer e diversão.

Além do tradicional lubrificante que auxilia na redução do atrito e facilita a penetração, existem produtos com as mais variadas funções:

Excitantes – normalmente, na forma de líquida, algumas gotas deste produto são capazes de provocar excitação; isso por que, em sua maioria, contém matérias-primas que provocam uma sensação “picante” que agem nos terminais nervosos do clitóris ou da glande.

Esquenta-Esfria – a formulação gel passa a sensação gelada e as matérias primas estimulantes provocam a sensação de calor. A dualidade de sensações também é altamente estimulante.

Vibrador líquido – Produtos que provocam uma leve sensação de choque, altamente excitante; provocada por uma matéria-prima específica, o extrato de jambu.

(planta nativa da região do Pará)

Beijáveis – Os campeões do sexo oral, com uma diversidade enorme de sabores. A glicerina é utilizada como base para estes produtos por ser adocicada e provocar uma leve sensação de calor, em contato com a mucosa.

Atenção: é incorreto dizer que são produtos “comestíveis”, por se tratar de cosméticos, e não de produtos alimentícios.

Retardantes de ejaculação ou Prolongadores de Ereção – podem ser na forma líquida ou gel e ajudam a retardar a ejaculação porque possuem, em sua maioria, matérias primas que são vaso dilatadoras, estimulando a circulação sanguínea no órgão masculino e, permitindo uma ereção mais prolongada.

Dessenssibilizantes ou anestésico – Esta é a dúvida que prevalece a respeito de produtos para sexo anal. A pergunta é: Quem quer praticar sexo anal quer mesmo que a área anestesiada para não sentir nada? Qual o fundamento do sexo então? Apenas dar prazer para o outro? Produtos dessenssibilizantes reduzem a sensibilidade diminuindo o desconforto, mas permitindo que ambos os parceiros possam aproveitar o momento.

(Vale ressaltar que anestésicos como xilocaína e outras matérias primas da família de anestésicos não são permitidas pela Anvisa para aplicação em cosméticos)

Sexualidade e Saúde- O que é importante observar?

As indústrias cosméticas passam por rigoroso controle de qualidade, isso para garantir que o produto mantenha padrões microbiológicos que não ofereçam risco à saúde. O ambiente de manipulação, os equipamentos, as matérias primas, tudo é rigorosamente fiscalizado.

Por isso, muito cuidado com produtos oferecidos a granel, que não passam por estes controles e podem conter uma carga bactérias prejudiciais à saúde.

Estes produtos devem ser utilizados de forma individual e higiênica, evitando passar de mão em mão.

Questione sempre a procedência do produto e, na dúvida, não utilize.

Por fim, produtos cosméticos sensuais são complementares para o prazer e diversão, para o uso de pessoas saudáveis.

Problemas de saúde devem ser tratados com um profissional da área médica SEMPRE.

Cuidado com modismos. Hoje existe Coach para tudo, respeitamos a profissão, mas, vale lembrar que o profissional capacitado pelo CRM para tratar da saúde é o profissional da área médica. Assim como é o Psiquiatra quem recomenda Psicotrópicos e não o Psicólogo, problemas de disfunção sexual devem ser tratados com Ginecologistas, Urologistas e profissionais da área médica.

 

Raquel Cruz

CRQ 4405301

Química Responsável – Feitiços

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 + 2 =